CARTA DE NATAL



 

CARTA DE NATAL



Ninguém te esquecerá, Jesus, o berço pobre,

A noite, o frio, a palha, a estrebaria,

A estrela que surgiu no firmamento

E os pastores cantando de alegria!...



"Glória a Deus nas Alturas, Paz aos Homens

De toda a Terra!..." Temos na lembrança

A voz dos anjos que te acompanhavam

A mensagem de amor e de esperança...



Quantos conquistadores já passaram!...

Senhores do poder, altivos e aguerridos...

E quanto mais brilharam sobre os povos,

Mais desceram, por fim, aos museus esquecidos!...



Hoje, o Progresso atinge culminâncias;

É o cérebro a fulgir em triunfos supremos;

Mas quando a provação nos procura e domina

É sempre a Ti, Senhor, que recorremos.



Natal!... Os homens cantam separados...

Perdo-nos, Senhor, os erros tais quais são.

Não nos deixes a sós, Amado Amigo,

Fica, Jesus, em nosso coração!...





MARIA DOLORES





(Mensagem recebida pelo médium Francisco Cândido Xavier, no Grupo Espírita
da Prece, em reunião pública da noite de 15 de Setembro de 1984, em Uberaba
&ndash Minas Gerais)


Indique este Site!

 

 

 

 

 

Voltar

 

Webmaster-Webdesigner
Eloisa Menezes Serpa